O perigo das baixas temperaturas para o sistema respiratório

O perigo das baixas temperaturas para o sistema respiratório

perigo das baixas temperaturas

Aqui no Brasil, a chegada das baixas temperaturas abrem também a temporada de passeios ultrarromânticos. Os passeios prediletos dos casais nessa época do ano são as viagens românticas para as serras e as experiências gastronômicas, principalmente com vinhos e fondues. De fato é uma estação muito gostosa para quem namora, mas é preciso tomar cuidado, pois se trata de um período em que doenças respiratórias são muito comuns e podem ser causadas pelo excesso de friagem. Confira nesse artigo os principais problemas agravados pelo frio e algumas dicas de cuidados que devem ser tomados durante essa época.

Gripes e resfriados

As gripes e resfriados são as complicações mais conhecidas causadas pelas quedas de temperaturas.

Rinite alérgica

As crises de rinite alérgica acontecem principalmente quando a pessoa entra em contato com mofo, poeira, pólen, entre outros. Essas crises ocorrem em quem já sofre da doença. Nesse caso, o corpo reage de maneira combativa contra elementos que não costumam causar mal ao indivíduo saudável.

Asma

Outra doença respiratória que costuma ter suas crises agravadas com baixas temperaturas é a asma. No Brasil, o diagnóstico de asma é bastante preciso e costuma ocorrer ainda na infância. Nessa doença, ocorre o estreitamento dos canais de ar do pulmão, o que desencadeia falta de ar e, em situações mais graves, até mesmo sufocamentos. De acordo com o portal do Hospital Otorrino Brasília (www.hospitalotorrinobrasilia.com.br), uma das principais causas do maior número de crises no inverno é o aumento de ocorrências de infecções virais.

Cuidados que você deve tomar para evitar complicações no inverno

  •  Lavar bem as mãos: esteja sempre atento à limpeza de suas mãos. Ao manter a higienização delas em dia, é possível afastar provisoriamente possíveis vírus e bactérias decorrentes de atividades do dia a dia. Os momentos mais importantes para se manter as mãos higienizadas são antes e depois de espirrar, antes e depois de tossir, antes e depois de utilizar o banheiro e antes e depois de comer.
  •  Manter uma alimentação balanceada: no inverno, é comum que as pessoas retratem um aumento de apetite por gorduras e carboidratos simples. Talvez, por isso, as atrações gastronômicas de modo geral incluem massas em suas opções. Porém, para se prevenir de doenças respiratórias nessa época, é muito importante que o sistema imunológico esteja em dia. Isso evitará com que vírus e bactérias entrem no corpo e consigam causar algum mal. O consumo de frutas e verduras com vitamina C são as principais pedidas. Dentre elas estão a laranja, o limão, a couve, entre outros.  Ter uma boa noite de sono é essencial para manter a saúde em dia.
  •  Praticar atividade física: praticar atividades físicas no inverno é definitivamente uma tarefa bastante difícil, mas, ainda assim, necessária. A atividade física auxilia na manutenção do sistema imunológico e no controle do sono.
  • Beba muito líquido: as estações mais frias costumam trazem com elas um fator agravante das doenças respiratórias: o clima seco. Por isso, é extremamente necessário manter a hidratação em dia, ingerindo líquidos. Além disso, um umidificador de ar também é muito bem-vindo nessas épocas.

Agora que você já sabe quais são as principais doenças agravadas pelo frio, previna-se. Assim, você poderá aproveitar as temperaturas baixas sem adoecer.

Namorados

Os comentários estão fechados.