5 dicas para cantar melhor

5 dicas para cantar melhor

Cantar melhor

No artigo de hoje vamos mostrar a você 5 dicas para cantar melhor.

É sempre bom ter em mente que todo avanço no canto depende de dedicação e constância. Nada acontece da noite para o dia.

Então, pegue essas dicas e trate como um hábito diário complementar às atividades que você faz no seu curso de canto.

Vamos à primeira dica:

#1 Exercite seu diafragma

A respiração pelo diafragma é um dos elementos mais importantes na hora de cantar. Mas a primeira coisa a se fazer é manter o corpo em uma postura correta estando de pé ou sentado.

Ela deve estar perfeitamente alinhada e reta. Aprender a usar o diafragma na respiração de forma correta é fundamental para o canto.

Na hora de respirar, o ar deve ser inspirado pelo peito até o abdômen aumentar e, ao cantar, o ar precisa empurrar o diafragma e ao atingir o tom e precisa ser solto para baixá-lo.

Exercite-o, colocando uma das mãos em cima do estômago e inspire pelo nariz, sendo que o abdômen precisa se expandir e ser colocado todo para fora ao inspirar sem que o peitoral se mova para frente ou para cima.

Quando chegar a hora de expirar, é preciso empurrar e contrair os músculos da área abdominal.

Esse exercício precisa ser feito constantemente para melhorar a potência vocal.

#2 Exercite a voz e sempre pratique

Exercite a voz todos os dias para cantar melhor, pois exercitar as cordas vocais só de vez em quando não melhora e não ajuda a desenvolver e fortalecer os músculos que projetam a sua voz.

Cantarole as notas, mudando os tons na voz, praticando as escalas musicais, sentindo a pressão de zumbido no nariz, olhos, cabeça ou peito.

A voz é um instrumento musical físico que deve ser usado da forma mais correta possível.

Nunca se esqueça de aquecê-la antes de cantar, evite qualquer esforço que seja desnecessário e que possa danificá-las.

#3 Preste atenção na laringe

A laringe precisa estar firme deve ser abaixada na hora em que for alcançar as notas. Isso fornece um maior conforto e controle nas cordas vocais, correndo menos riscos de desenvolver lesões ao cantar cada palavra.

Coloque dois dedos abaixo do queixo e engula saliva para permitir que você sinta os músculos que ficam na área da sua garganta.

Busque cantar mantendo essa área relaxada, seguindo as escalas sem abrir a boca. Mantenha o som vibrando na parte de cima de sua face.

Use essa posição para cantar notas altas com maior potência, pois a tendência é a de que o rosto se posicione para o alto. Isso pode causar lesões nas cordas vocais.

#4 Alimentação

Não coma em excesso pouco antes das aulas de canto e quando estiver quase na hora de fazer suas apresentações coma alimentos mais leves e saudáveis, como verduras, legumes e frutas.

Se o estômago estiver muito cheio e pesado na hora de cantar, você terá muita dificuldade para respirar da forma correta e sua voz não será projetada do jeito que gostaria.

Evite comer alimentos industrializados, com muito condimento, muito doces, alimentos derivados do leite ou gordurosos que podem atrapalhar o sistema respiratório.

Também é preciso ter muito cuidado com bebidas e comidas muito quentes ou frias.

Fique longe dos ar-condicionados e ventiladores e, evite se expor a temperaturas muito altas ou muito baixas.

Aumente a ingestão de água que precisa estar de acordo com a temperatura ambiente. Tome no mínimo 2 litros de água por dia para conseguir manter as mucosas da garganta hidratadas.

#5 Relaxe os músculos do corpo

O canto precisa de liberdade tanto nos movimentos quanto na respiração dos músculos do corpo.

Se o corpo ficar travado não é possível se expressar da forma correta o que irá interferir na qualidade da apresentação.

Por isso, procure evitar o uso de roupas apertadas que prejudicam a respiração e impedem uma maior movimentação do corpo.

Use aquilo que lhe proporciona mais conforto e relaxamento durante as suas apresentações.

Gostou das dicas? Deixe suas dúvidas ou sugestões no comentário no formulário logo abaixo!

Namorados

Os comentários estão fechados.