Arquivar janeiro 2020

Sexo na gravidez: Posições prazerosas e confortáveis

A mulher pode praticar todas as posições sexuais durante a gravidez? Qual é a melhor postura sexual quando você está grávida?  A libido na gravidez é afetada de alguma forma? Estas são algumas das perguntas que as mulheres grávidas mais fazem.

Nesse sentido, as estatísticas indicam que o medo de prejudicar o feto, um abdômen cada vez mais volumoso e a sensação de ter um pequeno “intruso” como testemunha da própria privacidade faz com que 50% dos casais aguardem até depois do parto.

No entanto, manter a harmonia e a intimidade do casal durante a gravidez é bom e útil, tanto do ponto de vista físico quanto psicológico, tanto para mulheres quanto para homens, além disso, também é indicado pelos médicos.

Benefícios do sexo na gravidez para mulheres

Caso ainda não se sinta a vontade para realizar a prática sexual, uma das dicas é experimentar a massagem tântrica, antes da realização do ato, pois a técnica de relaxamento pode ser essencial para ajudá-la nesse processo.

Além disso, uma massagem relaxante sempre é bem vinda, principalmente, no período de gestação. Mas, é preciso lembrar-se de consultar o seu médico para verificar se não há contraindicações no seu caso.

Confiram a seguir quais são os benefícios do sexo na gravidez:

– Para mulher grávida, que em alguns meses terá que assumir o papel de mãe, continuar fazendo amor com o casal é uma confirmação importante de seu papel como amante . Além disso, faz você sentir que mantém um corpo erótico, atraente e desejável, apesar da gravidez.

– Por outro lado, durante a gravidez, fazer sexo é muito gratificante e agradável. A partir do  segundo trimestre da gravidez, a mulher está mais predisposta a praticar sexo e é excitada mais rapidamente, graças ao aumento da vascularização e vasoconstrição dos órgãos genitais.

– Essa intimidade satisfatória também tem consequências benéficas do ponto de vista físico: de fato, o sexo é uma “ginástica” muito útil para estimular a circulação sanguínea, aliviar as tensões da gravidez e liberar endorfinas (as “moléculas da alegria”, que ajudam a eliminar o estresse e a depressão).

– Praticar sexo na gravidez também pode ajudar a facilitar o parto.

– Por sua vez, os homens adoram as mudanças físicas nesse período, pois o seio da mulher fica mais inchado, grande e receptivo a carícias, e as curvas dos quadris são marcadas cada vez mais.

Quais são as melhores posições sexuais na gravidez?

As posições sexuais mais aconselháveis ​​são aquelas que não produzem pressão abdominal na futura mãe. Tente ficar confortável o tempo todo, para isso, você pode usar almofadas ou travesseiros como suporte. 

Estas são as posições mais recomendadas para fazer sexo sem prejudicar a mulher grávida ou o bebê:

De lado: ambos deitados de lado, com as costas da mulher presas ao peito do homem. Essa postura geralmente é marcada como a melhor durante a gravidez, pois evita a pressão no abdômen e nos seios da mulher.

Missionária: Essa posição é mais conhecida como o famoso “papai e mamãe”, ela é muito prazerosa para mulher já que estimula o clitóris com a fricção dos corpos, além da penetração. No entanto, é necessário tomar cuidado com a pressão na barriga da mamãe.

No entanto, a posição do missionário não é recomendada após o término da gravidez, pois a mulher não deve descansar por muito tempo nem suportar o peso do parceiro na barriga. Se o homem ficar em cima, terá que segurar o próprio peso com as mãos para não pressionar a barriga da mulher.

Por cima: A mulher fica sentada no homem (ele permanecerá deitado ou sentado), o que lhe permitirá maior controle sobre movimentos, ritmo e penetração.

Quatro apoios: A posição de quatro apoios é uma das mais seguras para as mamães, pois evita a pressão e o peso sobre a barriga. Para realizá-la, basta apoiar os joelhos e as mãos na cama e deixar que o parceiro realize a penetração.

De pé: A relação sexual em pé, com a mulher reta ou inclinada para frente, com bom apoio, e o homem por trás no controle da penetração também pode funcionar.

Por fim, lembre-se de que, se por algum motivo o médico desaconselha fazer sexo com penetração, consulte a possibilidade de manter outros relacionamentos íntimos, como é o caso da massagem tântrica.

O que não fazer na primeira vez (dicas de sexo para homens)

O que não fazer na primeira vez

Esse artigo tem o objetivo de dar dicas para os homens iniciantes na vida sexual, especialmente aqueles que ainda não fizeram sexo.

Antes da primeira relação sexual, existe uma certa ansiedade e também muita insegurança. E acredite: é assim com todos os homens!

O medo de falhar e de decepcionar na hora do sexo é algo bem comum não apenas nos homens como também nas mulheres.

Isso tem a ver com a insegurança em relação ao corpo e claro, ao momento tão marcante que é a primeira vez. Afinal, todos querem se sair bem na primeira vez!

Pensando nisso, criamos esse artigo para ajudar aos homens iniciantes na prática do sexo.

O que não fazer na primeira vez

Normalmente, a primeira vez é com a primeira namorada, ou mesmo uma “amizade colorida”. E isso geralmente ocorre antes dos 20 anos.

A primeira dica é ficar tranquilo. Nessa fase, tanto você quanto ela são inexperientes. Então respire e relaxe.

Isso é o que você deve fazer primeiro. Agora veja o que NÃO fazer:

TER PRESSA

Não precisa ter pressa, tirar a roupa rápido e voar em cima dela querendo devorá-la. Isso demonstra desespero e ansiedade. E lembre-se: essa também pode ser uma das primeiras vezes dela.

Vá com calma, crie um clima. Aproveite para beijá-la, abraçá-la e tirar a roupa devagar.

FICAR MUDO

É claro que na hora do sexo não é momento de conversa, mas também não precisa ficar totalmente mudo. Elogie ela ao pé do ouvido algumas vezes. Vale também perguntar a ela se está gostando do que você está fazendo.

ESQUECER A CAMISINHA

Nem é preciso explicar os motivos, não é? Não usar a camisinha seria uma irresponsabilidade tremenda.

USAR CUECA SUJA OU RASGADA

Isso seria uma falha gravíssima! Além de passar vergonha, você corre o risco de espantar a garota.

Higiene sempre, tanto para vestir cuecas boas e limpas, quanto para manter-se limpo e sem cheiro ruim. Se vai transar, apresente-se para ela limpo e preparado.

FAZER IGUAL O FILME PORNÔ

Sabe tudo o que você viu nos vídeos pornôs? Esqueça!

Esse é um dos maiores erros dos homens experientes e inexperientes no sexo: achar que todas as mulheres são como aquelas atrizes.

Nos filmes, a mulher é bem safada, quer a penetração logo, forte, rápido… em qualquer posição, em qualquer lugar. Ela é totalmente submissa e topa tudo.

Na vida real não é assim! Primeiro: a mulher precisa de preliminares para entrar no clima. E ela não quer fazer sexo de qualquer jeito. Por isso, não passe do ponto (e nem tente entrar pela porta dos fundos)!

É claro que depois podem acontecer sim transas mais quentes como nesses filmes, mas isso vai depender da vontade, confiança e experiência de vocês.

PENSAR DEMAIS

Isso é algo bem comum nas primeiras relações sexuais. Ficar pensando demais e se preocupando, com medo de dar errado.

Uma das maiores preocupações no início é com relação ao corpo. E qual a maior preocupação dos homens? Com o tamanho do pênis!

Isso é mais um “mal” que vem dos filmes pornôs. Ver homens com membros avantajados nos filmes mexe com a cabeça da maioria dos inexperientes no sexo. Acaba gerando uma insegurança desnecessária, afinal…. tamanho não é documento (pelo menos nesse momento).

Outra preocupação (que também vem dos filmes) é com o tempo que vai conseguir controlar a ejaculação. É assustador o número de garotos que procuram por tratamento para ejaculação precoce, sendo que nem precisam disso!

Tudo tem a ver com a insegurança antes do sexo e a ansiedade. Então relaxe e se preocupe apenas em transar. É só a primeira vez de muitas. E a prática leva à perfeição.

Está inseguro? Algo te preocupa? Converse com sua parceira. Homem também pode e deve se abrir e falar do que sente. Ela com certeza vai te ajudar e vai se abrir também. E isso com certeza vai ajudar com a insegurança dos dois.

Saiba como ganhar dinheiro com blog

Seja para aumentar a renda ou fazer disso uma profissão, é possível ganhar dinheiro com conteúdos para blogVeja os jogos que vão ter lançamento no ano de 2020

Alguns devem se lembrar do surgimento dos blogueiros, há mais de uma década. Essas pessoas logo perceberam que, mais do que um hobby, escrever e publicar conteúdos na Internet também pode ser uma forma de ganhar dinheiro. Assim, criou-se uma oportunidade de aumentar a renda ou até mesmo ter essas páginas como fontes principais de sustento. 

E não importa qual seja o assunto tratado no site: moda, culinária, lifestyle, viagens ou diversos outros, sempre há uma forma (ou várias) de lucrar com isso. 

Entretanto, escrever para blog não é uma tarefa banal: exige bastante dedicação! O primeiro passo é definir o tema e o público que se pretende atingir. A partir disso, monta-se o planejamento de conteúdo e a frequência com que ele será postado, algo que também é essencial.

Com essa organização, será possível produzir materiais de qualidade que irão levar a mais acessos e, consequentemente, mais lucro. 

Como ganhar dinheiro com o blog?

Principalmente com as páginas novas, a forma comum de ganhar dinheiro é por meio do Google Adsense. Trata-se de uma parceria com o próprio Google, que irá colocar anúncios no blog.

Assim, basta apenas criar uma conta no programa e copiar alguns códigos nas áreas em que deseja que apareça publicidade na sua página. A cada clique nesses locais, o anunciante pagará ao Google e este irá repassar o valor ao blogueiro.

Mais uma maneira de ganhar dinheiro é com programas de afiliados. Esse meio se assemelha com o Google Adsense, mas a comercialização do espaço publicitário é realizada por outras instituições. 

A tradicional venda de produtos

O dono do blog também pode vender seus próprios produtos ou de outras empresas, sendo eles físicos ou digitais (também chamados de “infoprodutos”).

Para isso, é interessante conhecer, pelo menos, o básico sobre dois conceitos: jornada do cliente e funil de vendas. O primeiro trata-se do “caminho” que uma pessoa percorre desde entender que a possui a necessidade de adquirir algo até realmente comprá-lo.

O segundo é uma estratégia de marketing para selecionar e acompanhar o cliente nesse percurso, que torna cada etapa mais próxima da finalização da compra.

Com isso, ficará simples produzir conteúdos específicos para os leitores que estão em cada fase do processo. Por exemplo, um texto pode apenas relatar sobre um determinado problema e as diversas formas de resolvê-lo. Já outro mostra o quanto o produto vendido é fundamental para a resolução e as formas que a pessoa pode comprá-lo. 

Sugestão de legenda: Uma jeito de ganhar dinheiro com blog é com a venda de cursos online

Conteúdo por assinatura

Não são só produtos que podem ficar à venda. O conteúdo em si também é uma forma de ganhar dinheiro com blog. Além daqueles disponíveis gratuitamente, o blogueiro tem a possibilidade de oferecer materiais mais aprofundados, em que o acesso é feito apenas com pagamento. 

Cursos online

Após proporcionar conteúdos de qualidade aos seus visitantes, o dono no blog tem chances de se tornar uma autoridade no assunto. Com isso, abrem-se as portas para fornecer cursos online.

Logo, pessoas que se interessam pelo tema e/ou que querem se tornar um especialista nele irão buscar e pagar pelo material. Tudo isso com o benefício da comodidade de aprender pela Internet.

Vá além do texto e aumente a renda

Um blog não precisa ser só texto e venda através dele. As plataformas de hospedagem das páginas permitem que outras mídias sejam incluídas. 

Por isso, aposte em vídeos no Youtube, áudios, boas imagens e redes sociais. Tudo isso fará com que o conteúdo se torne mais atrativo e o desejo das pessoas de comprar o que você vende ainda maior.

Também não se esqueça de deixar informações para contato. Desse modo, você pode redirecionar o cliente a um canal mais favorável para finalizar a compra – como e-mail ou Whatsapp –  ou para solucionar possíveis dúvidas. 

Por fim, lembre que todas as estratégicas de nada servirão se o blogueiro não tiver a preocupação com a qualidade. Portanto, escolha uma área em que você tenha afinidade e dedique-se a fornecer o melhor a quem te segue.  

Referências: